missão

Contribuir para a integração harmoniosa do homem ao ambiente, doméstico e profissional, através da oferta de melhorias e soluções, com produtos duráveis e serviços inovadores, no setor mobiliário.

visão

Ser reconhecida pelo mercado por oferecer a melhor solução em mobiliário, nos segmentos corporativos e residencial, com qualidade diferenciada em produtos e serviços, através de gestão qualificada e focada em sustentabilidade.

princípios e valores

A transmissão e a busca permanente das melhores práticas depende exclusivamente de nossos colaboradores, cujos interesses pessoais não devem conflitar ou sobrepor os interesses da empresa e da sociedade.

O sucesso do nosso negócio depende do constante aprimoramento dos princípios e valores abaixo assinalados:
1. Surpreender e respeitar os usuários e clientes que receberão a melhor solução em produtos e serviços, na qualidade ofertada, na quantidade e prazo combinados.

2. Estimular o bom desempenho de nossos colaboradores, mantendo o respeito pelo indivíduo, compartilhando o conhecimento e as responsabilidades, sempre de forma transparente;

3. Estabelecer parcerias com nossos fornecedores, baseadas na mútua confiança e agregando conhecimento e valor;

4. Comprometer-se com os resultados, atingindo e superando as metas. Este esforço é a base para o crescimento e sustentáculo da perpetuidade do próprio negócio;

5. Zelar pelo meio ambiente, respeitando-o, prevenindo e reduzindo os impactos nocivos à natureza, através de processos e da aplicação de tecnologias voltadas ao desenvolvimento sustentável.

política da qualidade

Todos os processos comerciais, operacionais, e de apoio, inseridos no escopo de relacionamento com o cliente, devem pautar pela busca constante da otimização de seus custos, da introdução de inovações e da melhoria contínua da eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade.

O nosso êxito será o reconhecimento do mercado que, ao escolher nossa solução, perceberá não só a durabilidade de nossos produtos, a qualidade de nossos serviços mas também a melhor relação custo/benefício.

E este êxito é o caminho do crescimento de nosso negócio. Criará autoconfiança e satisfação para todos nós, como indivíduos, e grande oportunidade de desenvolvimento profissional.

 

meio ambiente

. gestão de resíduos

O resíduo industrial gerado no processo produtivo da Synthesis, antes de ser descartado ou enviado para tratamento, passa por uma análise do resíduo em laboratório afim de se identificar sua composição e assim seja aplicada a melhor e mais viável tecnologia de destinação final.

A empresa segue rigorosamente todos os procedimentos de gestão de resíduos, encaminhando os mesmos para tratamento e/ou eliminação de acordo com as normativas da CETESB, possuindo todos os respectivos certificados de movimentação de resíduos de interesse ambiental. Na fábrica em Guarulhos (Bacia Hidrográfica do Alto Tietê) existe uma estação de tratamento de efluentes químicos gerados no processo produtivo, onde também é realizada a separação e destinação dos resíduos industriais classes I, II e IIA conforme descrito abaixo:

35% co-processamento
25% aterros industriais credenciados e licenciados pelos órgãos ambientais
25% reciclagem
10% reutilização como matéria prima
05% incineração

Descrição das tecnologias aplicadas nos resíduos gerados no processo industrial.

1. Co-Processamento: É a destruição térmica de resíduos em fornos de cimento. Seu diferencial é ser uma solução aliada à sustentabilidade, por causa do aproveitamento do resíduo como combustível alternativo pelo potencial energético da matéria e também por ser substituto de matéria-prima na indústria cimenteira.  

2. Aterro industrial: É uma solução ambientalmente segura para a disposição final de resíduos classes I, IIA e IIB. Os aterros são construídos com tecnologia de ultima geração de impermeabilização de solos, adotam técnica de confinamento total de resíduos, possuem drenagem e tratamento de efluentes líquidos e gasosos e são continuamente monitorados para a máxima segurança ambiental.  

3. Reciclagem: A reciclagem é o termo genericamente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima de um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como aterramento ou incineração.

4. Reutilização: É usar um produto mais de uma vez, independente se será reutilizado na mesma função ou não. A reutilização por si só não resolve os problemas relacionados com os resíduos, mas contribui em sua gestão, por aproveitar matéria prima e também a necessidade de nova exploração de recursos naturais.

5. Incineração: As unidades de incineração têm a capacidade de destruição segura de resíduos sólidos, líquidos e pastosos de alta periculosidade. É o processo de destruição via oxidação térmica realizado em altas temperaturas de 800 a 1200 °C. A incineração do lixo hospitalar não é obrigatória como meio de tratamento, porém é considerada a melhor alternativa de tratamento, pelos seguintes fatores:

  • Reduz drasticamente o volume de resíduo, sobrando uma pequena quantidade de cinzas;
  • É um processo simples apesar de crítico quanto ao cumprimento dos procedimentos operacionais;
  • Como desvantagem, existe a emissão de compostos tóxicos como as dioxinas e furanos, caso a usina não seja projetada e operada adequadamente.

 

meio ambiente

. gestão das matérias-primas

  • MDF: Aglomerado e seus subprodutos, adquiridas exclusivamente de fornecedores com Certificados de Cadeia de Custódia, produtores de derivados de florestas naturais e/ou plantações bem manejadas aprovadas pelo Forest Stewardship Council. (Pinus e Eucalipto)
  • Aço: Material reciclável, a sucata é vendida para reciclagem.
  • Madeira: a empresa não trabalha com laminados de madeira natural.
  • Alumínio: Material reciclável, a sucata é transformada em novos produtos pelo próprio fornecedor da matéria prima.
  • As cabines de pintura são equipadas com cortinas de água para minimizar a poluição.
  • O sistema de exaustão das máquinas da marcenaria são equipados com filtros manga para impedir a dispersão de elementos particulados.




     

Histórico

1940

Nascida em São Paulo e fundada pelo então diretor da Olivetti no Brasil, Engenheiro Aldo Magnelli. De montadora de máquinas Olivetti, a empresa aos poucos amplia sua gama de produtos incorporando estantes desmontáveis para estocagem industrial, estantes biblioteca, poltronas com mecanismo “giroflex” e fichários horizontais. Organizada segundo critérios europeus, com produção em série, linha de montagem, torna-se a primeira fábrica moderna de móveis do País.

Nesta década, lança a primeira mesa totalmente desmontável, capaz de 234 combinações diferentes e que conceitualmente é atual até hoje. É a primeira empresa do setor a instalar um ambiente completo, configurando o primeiro Sistema de Mobiliário para Escritórios do Brasil.

Década de 50

Com a entrada da indústria automobilística no País, a moderna estrutura fabril permite que o Eng. Magnelli aceite um desafio como produtor de autopeças e componentes para indústria “branca”. Nesse mesmo período, inicia a produção de cozinhas de aço que fará da marca Securit líder de mercado. O gasogênio auxiliou o país no período de escassez de combustível.

Década de 60 / 70

Sandro Magnelli assume a empresa substituindo o pai e constrói a segunda fábrica, onde o destaque é a marcenaria totalmente automatizada, a mais moderna do País. É lançado o primeiro sistema para escritórios com painéis divisórios eletrificáveis e panorâmico: Tecnoramic.

Porta-pallets, sob licença canadense e mezzaninos, completavam a linha.

A empresa lança a cozinha Residence, licenciado por Boffi Cucine, com a colaboração de Pier Ugo Boffi, totalmente em madeira.

Década de 70 / 80

A empresa torna-se exportadora, abrindo filial em Houston, e obtém premio nos USA. Escrivaninhas em madeira de lei, jacarandá, pau ferro, sucupira e marfim fazem sucesso no mundo.

Década de 80 / 90

Período de grandes dificuldades, alta inflação no país, a empresa consegue se manter em atividade e cria o sistema Componível, uma síntese de modelos de mobiliários para escritórios panorâmicos, vendido em grandes volumes. Inicia-se a produção da cadeira 40/4 do designer norte-americano David Rowland, um clássico do design internacional, hoje parte do acervo do Museum of Modern Art de New York, dentre outros.

Década de 90

A empresa inova na introdução de produtos com maior valor agregado, mantendo os atributos de seus produtos. O produto da marca Securit foi feito para durar e continuou ao longo das décadas. Introdução maciça de perfis em alumínio e lançamento dos sistemas de mobiliário de alta tecnologia Element e Network: os primeiros no Brasil a usar painéis divisórios paginados e empilháveis, com saque frontal. Design internacional de Chris Sykes. Até o final dos anos 90, início do novo século, os produtos são paulatinamente eliminados e a empresa concentra-se somente em produtos com durabilidade, tecnologicamente válidos e com inovação.

2000

A produção de sistemas de armazenagem passa por uma evolução importante, o que resultou no lançamento do arquivo deslizante Tango. Segmento novo na marca Securit para feiras, estantes, eventos e lojas, mas também escritórios, do sistema construtivo Clic e Pila, com design internacional de Burkhardt Leitner.

O sistema componível, com as mesas Alfa, é repaginado por Chris Sykes e surge o Sistema de painéis Stand 50. Mesas plataformas surgem no mercado e a Securit também apresenta sua plataforma Connect.

Ao final de 2008, a linha Lynx, design Chris Sykes, entra para o portfólio da empresa.

Século XXI

O histórico da empresa e de seus produtos mostra uma constante preocupação em oferecer o melhor para o seu cliente, seja em produto, seja em solução. Estamos atentos às modificações e necessidades do mercado e mais próximos ao nosso principal foco, o nosso cliente. A mudança da imagem corporativa, na sequência, nos estimulou ainda mais a buscar a concretização de nossa visão.

A nova marca

A marca Securit sempre esteve em sintonia com a cultura do seu tempo. A nova marca chega para traduzir em imagem seu compromisso de mais de 60 anos com o design, com a tecnologia e com o ser humano.

Uma imagem ao mesmo tempo forte e calorosa. Uma assinatura mais sorridente, mais próxima do usuário, mais compatível com os melhores produtos oferecidos pelo mercado moveleiro brasileiro. Na letra “e” vermelha estão concentradas a alegria e o calor que dão vida nova à marca Securit.

A Securit se orgulha de fazer parte da história do design brasileiro do século 20. E continua conectada com o mundo, empenhada em oferecer o melhor do design do século 21. Securit. Design Hoje.

Chico Homem de Melo

 

Em 1964, com apenas 20 anos de idade, Burkhardt Leitner fundou a sua primeira empresa. Passados 40 anos, ele criou um nome que é sinônimo de sistemas construtivos para feiras e exposições. Continuando a tradição da Bauhaus e da Escola de Ulm, ele criou os parâmetros para a estética funcional do design para feiras.

Possuindo uma curiosidade inesgotável, ele não apenas tem trabalhado em novos tipos de sistemas de arquitetura, como também tem se dedicado a promover o design internacional, sendo membro do júri do Mia-Seeger-Stiftung e do German Design Council, entre outros, no qual é o primeiro designer que representa o segmento de feiras e exposições.

Em 1993 fundou a Burkhardt Leitner constructiv no formato que possui hoje, com 30 profissionais qualificados dentre designers, planejadores, engenheiros, técnicos e staff comercial. Todos trabalham em equipes que se compõem segundo as características e necessidades dos projetos, privilegiando a comunicação para resolver problemas complexos com soluções simples. É através desta cooperação "construtiva" que a empresa alcançou o status de que goza atualmente.

A equipe de Burkhardt Leitner é a responsável pelo design dos produtos Clic e Pila Petite, produzidos, sob licença e com exclusividade no Brasil, pela Securit.

produtos

. pila office . clic office

O designer inglês Christopher Sykes possui um escritório especializado em design de mobiliário corporativo, com sede na Austrália, e é responsável por produtos de sucesso mundial como as linhas Element e Network.

Graduado pelo Royal College of Arts, em vez de simplesmente criar peças de design, desenvolveu um conceito de sistemas de mobiliário holísticos, com componentes adaptáveis que auxiliam na vida, na flexibilidade e na facilidade de utilização do produto.

É considerado um revolucionário do design, pois, com idéias simples criou novos conceitos que romperam fronteiras do pensamento convencional.

Especialmente com o sistema Element, ele foi capaz de unir a sua experiência de mais de duas décadas com métodos não convencionais para criar o que é hoje considerado o sistema mais flexível e mais compatível com os avanços tecnológicos no mundo.

Chris Sykes continua causando enorme impacto no universo do mobiliário com idéias e designs inovadores.

Produtos fabricados sob licença e com exclusividade na Securit: Element, Network, Casewall, Gaveteiros, Lynx, Stand 50, Stand 25 e Alfa 4.

 

 

A marca Boffi, internacionalmente conhecida e símbolo de cozinha de altíssimo padrão, faz parte da existência de Pier Ugo Boffi que, em conjunto com seus dois irmãos, Dino e Paolo levaram a cozinha à excelência do design.

Responsável pela engenharia de produção da empresa Boffi até 1986 e, em conjunto com os melhores designers italianos, fez parte ativa  de todos os desenvolvimentos das cozinhas Boffi.

Até 1990, prestou assistência à Securit, outrora licenciada pela empresa Boffi e colaborou intensamente no projeto da  cozinha PUB’s e  na volta da Securit ao segmento residencial, no ano de 2009.

 

 

produtos

. pub's

Parque Fabril

Com uma cultura empresarial diferenciada, a Securit é uma empresa orientada para a tecnologia e qualidade e a sua fábrica, localizada em Guarulhos - SP, traduz na prática estes conceitos.

São 250 empregados, 25.000 m2 de área construída em 100.000 m2 de terreno. Com tecnologia constantemente atualizada, conta com uma equipe de Pesquisa e Desenvolvimento de Produto alinhada com as tendências mundiais de desenvolvimento de mobiliário e com mão-de-obra altamente especializada.

A Synthesis é a empresa responsável pela produção dos sistemas de mobiliário para escritório, painéis, mesas, armário e arquivos da marca Securit, e três outras empresas completam o grupo: Residence, responsável pela comercialização da linha residencial, Tecnogeral, responsável pelo comercialização da marca para clientes específicos e Interni, responsável pelos serviços de instalação e de assistência técnica.

Investindo constantemente no aperfeiçoamento de seus produtos e no lançamento de novos, a Securit visa oferecer a seus clientes o que há de melhor em mobiliário, levando em conta não apenas os padrões vigentes no País, mas também as normas nacionais e internacionais de qualidade, segurança e ergonomia.

Showroom

A Securit convida clientes, arquitetos, fornecedores e parceiros a visitar o nosso Show Room, com as suas principais linhas para ambiente corporativo e residencial.

Ficha Técnica 
Projeto Arquitetura: Arq. Marcelo Couto 
Iluminação: Gustavo Franco (Franco & Fortes)
Identidade Visual: João Carlos Cauduro (Cauduro & Associados)
Design Gráfico / Texturas: Carine Canavesi (Canavesi Design) 
Website: Gustavo Figueiredo (zinga)

Horários de funcionamento
Segundas a Sextas das 09:00 às 19:00h
Aos sábados sob agendamento

Rua Melo Alves,184, São Paulo.

português english
produtos favoritos